'Não prejudicaria nenhuma equipe em momento tão importante', diz árbitro do jogo Cascavel x Marreco


Arbitragem do jogo de sábado em Cascavel: Helcio Pschwosne (União da Vitória), Alfredo Carlos Wagner (Laranjeiras do Sul), Daniel Beal (Toledo) e Diego Hammes (Marechal). 

O jogo entre Cascavel e Cresol/Marreco Futsal, sábado, dia 22, no ginásio da Neva, pela semifinal da Série Ouro, teve um dos lances mais polêmicos do ano no futsal paranaense.

No momento em que o goleiro Donny lançou a bola com as mãos, a bola quicou na entrada da área e Celinho deixou entrar. O árbitro número dois da partida, Daniel Beal, de Toledo, deu o gol favorável ao Cascavel, interpretando o toque de Celinho na bola antes de entrar. Portanto, segundo Beal, foi gol contra do goleiro beltronense.

A ação colocou novamente os cascavelenses no jogo, pois venciam a partida até o momento por 5 a 3. O resultado final foi uma virada histórica para o Cascavel por 6 a 5. Com isso, o time de Nei Victor vai enfrentar o Guarapuava na final.

Convicto de que acertou na marcação, o árbitro Daniel Beal difundiu nas redes sociais um vídeo da RPC em câmera lenta que mostra o toque de Celinho na bola. “Aproximando em slow motion, o toque é claro. Não tive dúvida na hora, por isso validei o tento com convicção. Não prejudicaria nenhuma equipe em momento tão importante na competição. Abraços e obrigado pelo apoio”, escreveu o árbitro em seu recado aos amigos.

Clique aqui e veja a reportagem da RPC TV.

Texto e foto: Adolfo Pegoraro (EsportePR)

Chave Ouro: Jogos da final serão com torcida única


Clubes, Federação e Polícia Militar emitiram uma nota oficial, informando sobre a decisão. 

Na tarde desta terça-feira (dia 25), o Poker/Guarapuava Garden Shopping/Óleo Leve, o Muffatão/Sol do Oriente/Cascavel Futsal, a Federação Paranaense de Futsal (FPFS) e a Polícia Militar do Estado do Paraná assinaram uma nota oficial, informando que as partidas finais do Campeonato Paranaense de Futsal, Chave Ouro, serão com torcidas únicas.

Ou seja, apenas os torcedores do Cascavel poderão assistir o primeiro jogo no ginásio da Neva neste sábado, dia 29 de novembro, e apenas os torcedores de Guarapuava poderão acompanhar o segundo jogo no ginásio Joaquim Prestes, no dia 6 de dezembro (da mesma forma, apenas a torcida guarapuavana se fará presente no Joaquinzão em caso de terceiro jogo, no dia 13).

Segundo a nota, o motivo para esta decisão foi o clima de ameaça entre as torcidas, nas redes sociais.

Confira a nota na íntegra:

"Em virtude das ameaças que surgiram nos últimos dias entre alguns torcedores nas mídias sociais, as Diretorias do Fundeavel/Cascavel Futsal Clube e do Clube Atlético Deportivo, em observação às diretrizes da Polícia Militar do Estado do Paraná e da Federação Paranaense de Futebol de Salão (FPFS), decidiram em comum acordo fazer os jogos das finais do Campeonato Paranaense de Futsal Chave Ouro 2014, com a presença torcida única.

Todos queremos fazer dos jogos do playoff final da Chave Ouro 2014, uma festa do futsal paranaense, onde todos possam assistir aos jogos na mais perfeita segurança. Infelizmente com as ameaças de ambas as torcidas, seríamos coniventes com qualquer ato de violência, em quaisquer lugar e queremos e buscamos todos pela paz no futsal.

Nenhum torcedor da equipe visitante terá acesso ao ginásio no dia de jogo, seja de torcidas organizadas ou não. Qualquer tentativa de desobediência será enquadrada nas medidas determinadas pela Polícia Militar, através do seu Comando.

Assim, as Diretorias do Clube Atlético Deportivo, Fundeavel/Cascavel Futsal Clube, da Federação Paranaense de Futebol de Salão e a Polícia Militar do Estado do Paraná esperam estarem contribuindo, para mostrar a todos que somos adversários e jamais inimigos.

Clube Atlético Deportivo

Fundeavel/Cascavel Futsal Clube

Federação Paranaense de Futebol de Salão

Polícia Militar do Estado do Paraná"

Chave Ouro: Cascavel confiante para receber o Guarapuava no próximo sábado


Neste sábado, às 21h30, o Ginásio da Neva será palco do primeiro jogo da final da Chave Ouro. O Muffatão/Sol do Oriente/Cascavel Futsal enfrenta o Poker/Guarapuava Garden Shopping/Óleo Leve. Como na primeira fase o Guarapuava terminou na primeira posição, o segundo e terceiro jogo, caso seja necessário, serão em Guarapuava.

Os cascavelenses terão os desfalques do capitão Issamu, cumprindo suspensão automática e do pivô Jaison, expulso no jogo da semifinal. O ala Diego segue tratamento a uma contratura e é dúvida para sábado.

Para o pivô Guilherme será um grande jogo: "Será, com certeza, um grande jogo. As duas equipes chegaram aqui porque mereceram, fizeram as duas melhores campanhas na Chave Ouro. Agora é uma final, sabemos do valor do Guarapuava, tem um grande elenco, mas nós vamos trabalhar muito, nos preparar para ganhar este jogo em casa e atingir o nosso objetivo."

Rafael sabe da importância do primeiro jogo: "O primeiro jogo é muito importante numa decisão. Jogamos em casa e na Neva temos de fazer valer a nossa força. Sabendo que vamos enfrentar uma grande equipe, mas vamos nos preparar para no sábado fazer um grande jogo, contar com o apoio fundamental do nosso torcedor para conseguirmos uma vitória."

Ingressos

O primeiro lote de ingressos estará a venda a partir da quarta-feira com os seguintes valores;

Inteiro - R$ 30,00
Meio - R$ 15,00

Os ingressos vão estar a venda no Muffatão da Neva, West Side e Cancelli e na Casa das Tintas: "O torcedor deve comprar logo o seu ingresso, garantindo o lugar na grande final. Será, com certeza, um grande jogo e esperamos ver a Neva cheia. Sabemos o quanto o torcedor gosta de ver o time na Neva, mas também precisamos que nos ajudem, adquirindo os ingressos antecipados. Isso nos permite saber a quantidade de torcedores e podermos trabalhar para dar todo conforto e segurança," afirmou o supervisor Paulo Rocha.

Texto: Assessoria do Cascavel Futsal. Foto: Mateus Barbieri/Jornal Hoje

Mercado: Guarapuava anuncia técnico para a temporada 2015 e cinco renovações


João Carlos Barbosa (de branco, ao lado de Nero Andrade) será o comandante da equipe guarapuavana na próxima temporada.

O treinador João Carlos Barbosa, é o novo treinador do Poker Guarapuava Garden Shopping Óleo Leve Futsal para a temporada 2015. Casado e com 49 anos, João Carlos treinou nesta temporada o Floripa Futsal (SC). Formado em Educação Física, o treinador tem uma vasta experiência dentro das quadras.

Confira o currículo do treinador:

1996 - Criciúma (SC)
1997/1998/1999 - América de Tapera (RS)
1999 - Pietrobom (RS)
2000 - Universidade de Passo Fundo (UPF) (RS)
2001 - UCS/Sumov (RS)
2001 - Universidade de (UCS) (RS)
2001 - Seara (SC)
2002 - Jaraguá do Sul (SC)
2003 - Joinville Esporte Clube (SC)
2004 - Foz Futsal (PR)
2005/2006/2007 - Gestesa Guadalajara (Espanha)
2008 - Azulejos Ramos (Espanha)
2008 e 2013 - Kairat (Cazaquistão)
2012/2013 - Sibiriaki (Rússia)
2013 - Jaraguá do Sul (SC)
2014 - Floripa Futsal (SC)

Títulos

Vice-campeão Gaúcho 2000 - UPF
Campeão Taça Brasil 2001 - UCS/Sumov (RS)
Campeão Brasileiro de Seleções 2001 - Santa Catarina
Campeão dos Jogos Abertos de Santa Catarina 2002 - Jaraguá do Sul
Campeão da Copa Santa Catarina 2002 - Jaraguá do Sul
Campeão Espanhol 2006 - Divisão Prata - Gestesa Guadalajara

Renovações e saídas

Foto: Felipinho e Diego Fávero renovaram com o CAD.
Além da contratação do treinador João Carlos Barbosa, a diretoria do clube guarapuavano, oficializou a renovação de cinco jogadores: Vitor, Adeirton, Felipinho, Diego Fávero e Giovanni.

Se alguns jogadores já acertaram sua permanência no clube, outros estão de saída, caso dos atletas Biro, indo para o Keima Futsal, de Ponta Grossa (PR); do goleiro Alê Falcone, que acertou sua ida para o Carlos Barbosa (RS); o ala Jamur, que está se transferindo para o Brasil Kirin, de Sorocaba (SP); o goleiro Guto, que vai para o Keima Futsal, de Ponta Grossa (PR) e o fixo PH, que se aposenta ao final desta temporada.

A diretoria informa que segue negociando com os demais jogadores e que espera renovar com todos até o final desta semana. Segundo o Supervisor, José Válter Liberato, a ideia é acertar todos os nomes do elenco para a temporada 2015, até o dia 15 de dezembro.

Texto e foto: Assessoria de Imprensa do CAD

Mercado: Ale Falcone defenderá o Carlos Barbosa-RS em 2015


Um dos destaques da equipe de do Poker/Guarapuava Garden Shopping/Óleo Leve na temporada de 2014, o goleiro Ale Falcone, defenderá a tradicional equipe da Associação Carlos Barbosa Futsal-RS, no ano que vem. A informação é do Mundo Salonista.

Ale Falcone chegou em Guarapuava no início da temporada, vindo da equipe de Cachoeira-RS para ser o terceiro goleiro do elenco. Nos treinamentos, o atleta subiu para a segunda opção do técnico Baiano e a oportunidade de virar titular veio com uma lesão do experiente goleiro Danilo Krüger, ainda no primeiro semestre. O jovem atleta aproveitou bem sua chance e virou um dos destaques do time guarapuavano no Campeonato Paranaense (Chave Ouro) e na Liga Futsal.

Com a contratação da ACBF-RS, a expectativa é que o arqueiro tenha maior visibilidade no futsal nacional para continuar crescendo e, quem sabe, chegar à Seleção Brasileira.

Outras saídas

No começo do mês de novembro, o presidente do Keima Futsal confirmou a contratação do técnico Baiano e do ala Biro, que seguem na equipe guarapuavana até o final da Chave Ouro e depois se transferem para a cidade de Ponta Grossa-PR.

Segundo informações, outros jogadores devem deixar a equipe guarapuavana. No entanto, a diretoria do CAD segue trabalhando, nos bastidores, para renovar o contrato da maior parte do elenco deste ano, mesmo sabendo do grande assédio dos outros clubes.

A tendência é que, logo que encerre sua participação na Chave Ouro, o clube guarapuavano divulgue a lista de atletas que seguirão na equipe, bem como o nome do novo treinador para a temporada de 2015. Pois o foco dos próximos dias devera ser apenas a decisão do estadual.

Feminino: Título será decidido entre Cianorte e Telêmaco Borba


Jogando em casa, a equipe de Telêmaco (foto) venceu Guarapuava por 3x2 e garantiu uma das vagas.

Na noite de sábado, dia 22, foram disputadas as partidas de volta da fase semifinal do Campeonato Paranaense de Futsal Feminino Adulto. As duas equipes que jogaram em casa venceram seus jogos e se classificaram para a final da competição estadual.

No ginásio Tancredo Neves, em Cianorte, o CAFE/Futsal Cianorte, atual campeão estadual, voltou a golear a equipe do Londrina Futsal Feminino por 7x2 e garantiu a classificação. No jogo de ida, disputado em Londrina, a equipe de Cianorte tinha vencido por 7x1.

Quem vai tentar desbancar o favoritismo do time de Cianorte é a equipe de Telêmaco Borba. No ginásio Heitor Alencar Furtado, o time de Telêmaco venceu a AGFF/Guairacá/Guarapuava por 3x2. No jogo de ida, no ginásio Joaquim Prestes, as duas equipes empataram em 2x2.

No próximo sábado, dia 29, será disputada a primeira partida da decisão, na cidade de Telêmaco Borba. No dia 6 de dezembro será disputada a final, na cidade de Cianorte. Na mesma data, acontece a decisão do terceiro lugar, entre Guarapuava e Londrina.

Chave Bronze: Salto do Lontra e Toledo empatam; Siqueira Campos vira sobre Irati e fica perto da final


Assifusa/Irati vencia por 4x0, mas Siqueira Campos conseguiu a virada por 5x4. 

Na noite de sábado, dia 22, foram disputados os jogos de ida da fase semifinal do Campeonato Paranaense de Futsal, Chave Bronze. Na cidade de Salto do Lontra, a equipe local empatou em 2x2 com o Toledo Futsal e em Irati, a Assifusa vencia por 4x0, mas levou uma virada impressionante do Siqueira Campos/Pro Tork Futsal, que venceu por 5x4.

Com os resultados, o Siqueira Campos precisa de um empate em casa para garantir a classificação à final. Na outra semifinal, quem vencer entre Toledo e Salto do Lontra se classifica. Se houver novo empate, haverá prorrogação, com Toledo jogando com a vantagem do empate.

As quatro equipes semifinalistas já estão garantidas na disputa da Chave Prata de 2015.

Virada surpreende time de Irati

No ginásio Batatão, em Irati, a torcida voltou a comparecer em grande número. Com o apoio do torcedor, o artilheiro Clade abriu o placar na primeira etapa. No segundo tempo, a Assifusa/Anila/Irati voltou com tudo e, em cinco minutos, marcou mais três vezes, com Edimar, Chulapinha e Alemão: 4x0.

Mas na segunda metade do segundo tempo, Zé Roberto diminuiu, marcando duas vezes e deixando o placar em 4x2. O time anfitrião sentiu o golpe e, faltando cinco minutos para o fim do jogo, Costelinha diminuiu mais uma vez para 4x3.

Faltando três minutos, a arbitragem marcou a sexta falta de Irati. O lance foi bastante contestado pelos donos da casa, mas a arbitragem confirmou o tiro-livre. Costelinha foi para cobrança  e empatou o jogo em 4x4.

Com o revés, a Assifusa tentou o goleiro-linha, mas o time de Siqueira Campos roubou a bola e chutou para o gol vazio, Edimar evitou o gol, mas com a mão na bola. O atleta foi expulso e foi marcado pênalti, convertido por Costelinha, que marcou seu terceiro gol da noite e garantiu a virada de 5x4.

Com o resultado, a Assifusa precisará vencer fora de casa o time de Siqueira Campos por duas vezes: no tempo normal e na prorrogação. Qualquer resultado diferente disse, garante os siqueirenses na final.

Equilíbrio no sudoeste

Na cidade de Salto do Lontra, a equipe da casa e o ADM Engenharia/Toledo Futsal fizeram um jogo movimentado e muito equilibrado. No primeiro tempo, Guilherme abriu o placar para Toledo e Gali empatou para os anfitriões.

Na segunda etapa, Mudo virou o jogo para Salto do Lontra, mas James empatou para Toledo, definindo o placar em 2x2 e  deixando tudo igual no playoff.

A partida de volta está marcada para o dia 29 (sábado), no ginásio Alcides Pan, em Toledo. Na mesma data, Siqueira Campos recebe a Assifusa, no ginásio Raulino Ceccon.

Foto: Divulgação Assifusa

Chave Prata: tudo igual nas semifinais


As duas partidas disputadas neste sábado, dia 22, terminaram empatadas.

Os jogos de ida da fase semifinal do Campeonato Paranaense de Futsal, Chave Prata, terminaram empatados. As duas partidas foram disputadas na noite deste sábado, dia 22, e confirmaram em seus placares o equilíbrio em quadra.

No ginásio Teodorico Guimarães, em Dois Vizinhos, o Concrevalle/Dois Vizinhos Futsal empatou em 2x2 com o Caramuru/MM, da cidade de Castro. Já no ginásio Yoshihiro Nonomura (Paulão), em Assaí, o Unifil-EaD/Assaí Futsal ficou em 3x3 com o Itaipulândia Futsal.

Com os resultados, quem vencer as partidas de volta, em Castro e em Itaipulândia, passará à final da competição. Se houver novo empate, haverá prorrogação, com a equipe mandante jogando com a vantagem do empate no tempo-extra.

Acesso

Além da vaga na final, os vencedores dos jogos do próximo final de semana garantirão vagas na disputa da Chave Ouro em 2015. Em paralelo à final, será disputada a decisão do terceiro lugar, que definirá a terceira equipe a garantir o acesso para a elite do futsal do Paraná.

Foto: Divulgação Dois Vizinhos Futsal

Chave Ouro: com virada impressionante, Cascavel chega à quinta final consecutiva


O ala Caça (foto) marcou dois gols na virada por 6x5. 

Na noite de sábado (dia 22) o Muffatão/Sol do Oriente/Cascavel Futsal recebeu o Cresol/Marreco Futsal no ginásio da Neva e conseguiu uma grande vitória, de virada, por 6x5. Com o resultado da segunda partida da semifinal do Campeonato Paranaense de Futsal, Chave Ouro, a 'Serpente' carimbou sua passagem para a decisão do estadual. Os cascavelenses chegam à quinta decisão seguida (2010, 11, 12, 13 e 14) e podem alcançar seu sexto título na Chave Ouro (maior campeão estadual, o Cascavel já ergueu a taça em 2003, 04, 05, 11 e 12).

O jogo

Mesmo jogando fora de casa, quem abriu o marcador foi a equipe do Marreco: Barbosinha marcou e, logo depois, Canhoto ampliou a vantagem para 2x0. O ataque beltronense continuou funcionando e Barbosinha balançou a rede mais uma vez, aumentando a vantagem para 3x0.

O Cascavel reagiu com gol de Ricardinho, mas, ainda no primeiro tempo, Suelton marcou o quarto gol beltronense: 4x1.

O segundo tempo foi marcado por muita pressão dos donos da casa e lance polêmico. Issamu e Jaison marcaram para o Cascavel, diminuindo a vantagem para 4x3. Mas Canhoto marcou o quinto do Marreco, fazendo 5x3 no placar do ginásio da Neva.

No final, os cascavelenses foram com tudo ao ataque. Em uma jogada muito contestada pelos beltronenses, a arbitragem marcou o quarto gol cascavelense. o goleiro Donny lançou com as mãos, e ma bola foi parar dentro do gol. O goleiro Celinho, do Marreco deixou a bola passar, entendendo que não houve toque, mas a arbitragem validou o gol, dando gol contra de Celinho.

Na base da pressão, o ala Caça marcou duas vezes, virando a partida para 6x5 e definindo o placar da partida.


Reencontro

No outro jogo das semifinais, o Guarapuava venceu, também de virada, o Umuarama Futsal por 6x4. Com isso, guarapuavanos e cascavelenses repetem a final do ano de 2010, quando o Guarapuava levou vantagem, conquistando seu único título da Chave Ouro.

Como a equipe de Guarapuava fez a melhor campanha na fase classificatória, o segundo jogo da decisão será no Joaquinzão, em Guarapuava. A partida de ida será no próximo sábado, dia 29, no ginásio da Neva, em Cascavel.

Chave Ouro: Em jogo épico, Guarapuava vira sobre Umuarama e garante vaga na final


Mesmo jogando no sacrifício, Simi Saiotti (foto) marcou três vezes na vitória de 6x4 e garantiu a festa da torcida no Joaquinzão. 

Os mais de 2500 torcedores que compareceram ao ginásio Joaquim Prestes na noite deste sábado (dia 22), presenciaram um dos jogos mais emocionantes da temporada. Pela partida de volta das semifinais do Campeonato Paranaense de Futsal, Chave Ouro, as equipes do Poker/Guarapuava Garden Shopping/Óleo Leve e do Umuarama Futsal protagonizaram um jogo muito disputado e cheio de alternativas. Depois de 40 minutos de um verdadeiro 'teste para cardíaco', os guarapuavanos venceram de virada, por 6x4, e garantiram a classificação para a final. Na decisão do estadual, o adversário do Poker será a equipe do Muffatão/Sol do Oriente/Cascavel Futsal que venceu, também de virada, o Cresol/Marreco Futsal, por 6x5.

O jogo

Mesmo antes do jogo começar, os nervos já estavam à flor da pele. Tanto que o técnico Baiano, do Guarapuava, precisou ser atendido pelos enfermeiros que estavam no ginásio. O treinador estava com a pressão alterada pelo nervosismo e teve que se ausentar da quadra por boa parte da primeira etapa.

Com a bola rolando, os donos da casa tentavam se impor. Aos dois minutos, Diego Fávero acertou a trave do goleiro Ari, mas quem chegou primeiro ao gol foi o time de Umuarama: aos cinco minutos, Sol Sales dominou, venceu a marcação e bateu firme, no ângulo de Ale Falcone. Para piorar ainda mais a situação dos guarapuavanos, alguns segundos depois do tento de abertura, Jamur tentou sair driblando na defesa, mas Sol Sales roubou a bola e bateu na saída do goleiro, aumentando a vantagem para 2x0.

A equipe do Poker sentiu o 'baque' depois dos dois gols dos visitantes. O ala Jamur era o que mais transparecia a dificuldade, errando vários passes e sendo substituído por Danilo Baron. Mas, aos poucos, o time de Guarapuava foi 'voltando aos eixos' e aos 12 minutos, Simi Saiotti (que era dúvida horas antes da partida) aproveitou uma bobeada da defesa adversária, fez o pivô e bateu sem chances para Ari: 2x1.

O gol mudou a cara do jogo: Diego Fávero deu lindo lençol no goleiro do Umuarama, mas a bola bateu no travessão. A pressão continuou até que, aos 13, Simi completou cobrança de escanteio para deixar tudo igual: 2x2.

O primeiro tempo ainda teria muita emoção. As duas equipes chegaram rapidamente à quinta falta, mas nenhuma ultrapassou o limite. Faltando quatro minutos para o fim da primeira etapa, Éder chutou e Ale Falcone aceitou, mas a arbitragem marcou saída de bola em lateral, antes da conclusão da jogada.

Empurrada pela torcida, a equipe guarapuavana seguia mais ofensiva no final da primeira etapa. O ritmo continuou o mesmo no começo do segundo tempo, mas a bola só voltaria a entrar na meta adversária aos cinco minutos da etapa final, novamente com Simi Saiotti, que acertou o canto do goleiro Deivid, marcando pela terceira vez na noite: 3x2.

Com o revés, os visitantes se soltaram mais no ataque. Samuel teve uma grande chance, mas chutou por cima. Logo depois, Schneider acertou o travessão. Aos nove minutos, finalmente o Umuarama conseguiu igualar o placar, aproveitando falha de Ale Falcone, que tentou sair jogando, mas acabou deixando Éder livre para empatar: 3x3.

Aos 11 minutos, o jogador Samuel, do Umuarama, foi advertido com o segundo cartão amarelo em foi expulso. Com um a mais em quadra, o Poker foi 'martelando' o gol adversário até que André Maluko balançou a rede, deixando os donos da casa mais uma vez na frente: 4x3.

Nos minutos finais, Augusto entrou na posição de goleiro-linha e a pressão mudou de lado. Quando faltavam três minutos para o final, Sol Sales dominou, levou a defesa e bateu firme, com muita categoria, para empatar o jogo em 4x4.

Como o placar da primeira partida também foi de empate (3x3) tudo indicava que haveria um terceiro jogo, para decidir a vaga. Mas as equipes foram ao ataque e, quando faltavam 44 segundos para o fim, o goleiro Ari subiu à quadra adversária para tentar o chute. O arqueiro perdeu a bola e cometeu falta, para evitar o gol do Guarapuava. O resultado foi a expulsão de Ari e tiro livre para os guarapuavanos.

Na cobrança, coube ao ala Jamur, recuperar-se no jogo e marcar o quinto gol, abrindo o caminho para a classificação.

Faltando 19 segundos para o final da partida, Ale Falcone lançou com as mãos para o ataque e, com o gol desprotegido, Diego Fávero completou de carrinho, definindo o placar em 6x4.

Clique aqui para ver as fotos do jogo

Decisão

A grande final da Chave Ouro colocará frente a frente as equipes de Guarapuava e Cascavel, repetindo a final do ano de 2010, quando os guarapuavanos conquistaram seu único título estadual (o Cascavel vai em busca da sexta conquista). Também a exemplo de 2010, os guarapuavanos decidirão em casa a segunda partida da final, por terem feito a melhor campanha da fase classificatória.

O primeiro jogo da decisão será disputado no dia 29, no ginásio da Neva, em Cascavel. Nos próximos dias, a FPFS deverá oficializar as datas e os horários das partidas finais.

FICHA TÉCNICA

POKER/GUARAPUAVA GARDEN SHOPPING/ÓLEO LEVE FUTSAL 6X4 UMUARAMA FUTSAL
Jogo de volta da semifinal do Campeonato Paranaense de Futsal, Chave Ouro
Data: 22/11/2014 (20h30)
Local: Ginásio Municipal Prefeito Joaquim Prestes (Joaquinzão), em Guarapuava-PR
Público total: 2559 pessoas

Árbitro 1: Flávio Marques (Londrina)
Árbitro 2: Cláudio Teixeira Lombardi (Palmas)
Anotador: Alexandre Albertoni Neto (Londrina)
Cronometrista: Sidnei Teixeira (Curitiba)
Representante: Antônio Carlos Abrão (Curitiba)

POKER/GUARAPUAVA GARDEN SHOPPING/ÓLEO LEVE FUTSAL
Começaram: Ale Falcone; Vitor, Diego Fávero, Danilo Baron e André Maluko
Entraram: Giovanni, PH, Simi Saiotti, Jamur, Adeírton e Felipinho
Técnico: Eduardo Pacheco Coelho (Baiano)

UMUARAMA FUTSAL
Começaram: Ari; Boni, Yuri, Eder e Pedro
Entraram: Sol Sales, Augusto, Schneider, Rodrigo, Samuel, Douglas, Deividi e Fuska
Técnico: Manoel Pasquale (Maneca)

Gols do Guarapuava: Simi (3 vezes), André Maluko, Jamur e Diego Fávero

Gols do Umuarama: Sol Sales (3 vezes) e Eder

Expulsões: Samuel (Umuarama) e Ari (Umuarama)

Veja os gols:

Chave Ouro: Guarapuava define relacionados para clássico marcado pelo equilíbrio


O Poker Guarapuava Garden Shopping Óleo Leve Futsal recebe no próximo sábado (22), a partir das 20h30, no Ginásio Joaquim Prestes, o Umuarama Futsal no segundo jogo das semifinais do Campeonato Paranaense Chave Ouro. No jogo de ida, empate em 3 gols. Com isto, quem vencer garante vaga nas finais da principal divisão do salonismo paranaense. Em caso de novo empate, teremos o terceiro jogo, que será disputado na quarta-feira (26).

EQUILÍBRIO

Um duelo de muita tradição no futsal paranaense e também de muito equilíbrio. em 22 jogos oficiais, incluindo o Paranaense e a Liga Futsal. Em jogos oficiais são sete vitórias para cada lado e oito empates. Os guarapuavanos marcaram 52 gols, enquanto os umuaramenses anotaram 54 tentos.

O primeiro jogo do Poker Guarapuava Garden Shopping Óleo Leve Futsal na Chave Ouro, em 2006, quando a equipe estreou na principal divisão do Estado, foi contra Umuarama, derrota por 8 a 1. A maior goleada da história do clássico.

UM HISTÓRICO DE DUELOS EM PLAYOFF'S

O segundo jogo playoff semifinal deste sábado (22) é mais um na história das equipes. O primeiro duelo foi em 2007, nas quartas-de-final, o time da Capital da Amizade, levou a melhor sobre os guarapuavanos, porém, em duelos bastante equilibrados, com vitórias nos dois jogos por 3 a 2 e 2 a 1, respectivamente.

Em 2009, as equipes viriam a novamente se encontrarem nas quartas-de-final. No primeiro jogo, em Umuarama, empate em 4 a 4. No segundo jogo em Guarapuava, o Umuarama venceu por 2 a 1, classificando-se para as semifinais.

2010, A VEZ GUARAPUAVANA NO CLÁSSICO

Em 2010, um duelo entre Poker Guarapuava Garden Shopping Óleo Leve Futsal x Umuarama, que para muitos torcedores do lado guarapuavano está entre os maiores jogos da história da equipe. Naquele ano, pela terceira fase do Campeonato Paranaense, em grupo com quatro equipes, os guarapuavanos, após um empate no primeiro turno da fase em 2 a 2 contra o Umuarama, chegaram a última rodada precisando vencer para avançarem às semifinais. Após estarem perdendo por 3 a 1, o Poker Guarapuava Garden Shopping Óleo Leve Futsal foi buscar a virada nos minutos finais, com PH marcando dois gols, na virada histórica, no jogo que ficou conhecido como a 'Batalha de Umuarama'.

A TEMPORADA 2014

Poker Guarapuava Garden Shopping Óleo Leve Futsal x Umuarama Futsal, fazem neste sábado (22), o sexto jogo no ano. Até o presente momento, a vantagem é totalmente guarapuavana. Na primeira fase da Chave Ouro, vitória por 5 a 2. Depois, na primeira fase da Liga Futsal, nova vitória, por 3 a 0. Novamente pela Liga Futsal 2014, na segunda fase da competição, vitória em Guarapuava por 4 a 3 e empate em Umuarama, em 3 a 3.

Na semana passada, no primeiro jogo do playoff semifinal, os guarapuavanos chegaram a abrir 3 a 0, cedendo o empate nos segundos finais, em um jogo emocionante.

UMUARAMA SEM PROBLEMAS

O Umuarama Futsal chega à Guarapuava sem problemas para a decisão. O treinador 'Maneca' não tem nenhum desfalque. A única ausência da equipe é o ala Madson, que já está afastado da equipe a alguns jogos e consequentemente da atual temporada, devido lesão no joelho.

A delegação da Capital da Amizade ficará hospedada no Hotel Cisne Branco, às margens da rodovia BR-277.

GUARAPUAVANOS PREPARADOS

Nesta sexta-feira (21), o Poker Guarapuava Garden Shopping Óleo Leve Futsal realizou treinamento em dois períodos. Em ambos, o treinador Eduardo 'Baiano' Pacheco comandou atividades técnicas e táticas.

O treinador não poderá contar com o ala Deivão, expulso em Umuarama. Simi Saiotti, também se tornou uma dúvida para o clássico. Além dos dois, Marquinhos e Biro seguem recuperando-se de lesões e também não enfrentam os umuaramenses.

Assim, os 14 'eleitos' para o jogo decisivo, são os goleiros Alê Falcone e Danilo; os fixos, Vitor, PH e Giovanni, os alas Harry, Felipinho, Adeirton, Jamur, Danilo Baron, Diego Fávero e Alan e os pivôs André Maluko e Simi Saiotti. A concentração da delegação guarapuavana para o clássico começa às 19h30, com os jogadores se apresentando no Hotel Kuster

Neste sábado (22), às 10h30, o Poker Guarapuava Garden Shopping Óleo Leve Futsal realiza o último treinamento coletivo antecedendo o jogo. "Concentração é a palavra-chave para este jogo. A equipe vem determinada; trabalhamos forte durante a semana. Sabemos que a torcida vai estar bastante empolgada, mas precisamos manter o foco, porque a vitória é um objetivo, então concentração é a ordem para este jogo", disse o goleiro Alê Falcone, com relação ao duelo.

Texto: Assessoria do CAD

Mercado: Nelsinho Bavier renova com o Marreco Futsal


Na manhã de sexta-feira, 21, o técnico Nelsinho Bavier e a diretoria do Cresol/Marreco Futsal chegaram a um acordo e o comandante vai seguir no cargo também na temporada 2015. O anúncio foi feito pela diretoria da equipe beltronense, que pretende manter a base de atletas para o próximo ano, indiferente do resultado de sábado, dia 22, no segundo confronto da semifinal da Série Ouro, contra o Cascavel Futsal, às 20 horas, no ginásio da Neva.

Nelsinho Bavier chegou em Francisco Beltrão em 2010, quando o Cresol/Marreco Futsal disputou pela primeira vez a Série Ouro. Naquele ano foi muito bem, terminou a primeira fase entre os quatro melhores, mesmo tendo uma equipe de baixo investimento. Em 2011, foi campeão da Taça Jorge Kudri e da divisão A dos Jogos Abertos do Paraná. Em 2012, o comandante foi para o futsal gaúcho e comandou por duas temporadas o Afusca, de Cachoeirinha. Mas agora em 2014 ele voltou para fazer história, colocando a equipe beltronense em uma semifinal inédita. O projeto para o ano que vem é montar um time para brigar pelo título da Série Ouro.

Mesmo com a renovação, o técnico beltronense, comissão técnica e jogadores, seguem focados para o jogo decisivo contra o Cascavel. No primeiro confronto, no Arrudão, houve um empate em 2 a 2. Quem vencer, passa para a final. Em caso de novo empate, haverá a terceira partida, que acontece também em Cascavel. Mas a equipe beltronense está confiante em uma vitória no segundo jogo.

Texto e foto: Adolfo Pegoraro (Esporte PR)

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | cna certification